Barreirinhas entra no banco de imagens da Embratur

Polos turísticos

Três dos principais polos turísticos do estado – Região Metropolitana de São Luís, Lençóis Maranhenses e Chapada das Mesas -, compõem o novo banco de imagens do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). O trabalho que inclui as cinco regiões do Brasil no catálogo de oferta, tem o objetivo de renovar o banco de imagens dos pontos turísticos de todo o país, com foco nos segmentos sol e praia, ecoturismo, esporte, cultura, negócios e eventos. No Maranhão, as regiões contempladas focam as belezas naturais, história, cultura, gastronomia e serviços oferecidos.

Para o secretário de Estado de Turismo, Jura Filho, a iniciativa é extremamente importante, porque inclui o destino ao roteiro turístico internacional. “Sem dúvida, a iniciativa deve contribuir para atrair turistas estrangeiros, principalmente durante os grandes eventos, como a Copa do Mundo, que será realizada ano que vem. São Luís e os Lençóis devem receber maior concentração de visitantes, devido a proximidade com a cidade de Fortaleza”, ressaltou.

O polo São Luís foi o primeiro a receber os cliques da empresa Illuminati, responsável pela captação de imagens no estado. O conjunto arquitetônico de São Luís, além da cultura (com destaque para o bumba meu boi), a orla marítima e a rede hoteleira foram os principais registros na capital. Já em Alcântara, as ruínas históricas, casarões e festa do Divino Espírito Santo, também deverão constar no acervo fotográfico.

Nesta quinta-feira (7), as belezas dos Lençóis Maranhenses foram registradas. O local, internacionalmente conhecido pelo conjunto de dunas e lagoas, a exemplo das Lagoas Bonita e do Peixe, agora também terá como destaque a Lagoa da Esperança.

O produto, que passa a ser amplamente comercializado, está localizado dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Com pelo menos 39 km de extensão de água com cerca de 15m de profundidade, a lagoa da Esperança é perene, de água turva devido a grande vegetação em seu entorno. De acordo com as agências de turismo que já operam o produto, a Lagoa da Esperança, não possui ligação nenhuma com o Rio Preguiças.

“A lagoa da Esperança é mais um grande presente da natureza. Quando está muito cheia tem sua sangria no Rio Negro, divisa dos municípios, e durante todo o ano oferece um verdadeiro espetáculo de beleza natural tendo como pano de fundo as dunas dos lençóis”, explica Alfonso Leal, da Tropical Adventure.

O trabalho que teve início no mês de fevereiro, já capturou imagens da Chapada das Mesas, com destaque para as cachoeiras, ecoturismo e turismo de aventura do município de Carolina. O complexo de Pedra Caída assim como os serviços oferecidos na região compõe o book do polo.

Ao todo, serão 25 mil novas imagens, que poderão ser utilizadas gratuitamente em iniciativas de promoção do país como destino turístico.

Fonte: Secom/MA


Imprimir   Email