Assassinos de professora são condenados a 15 anos de reclusão

Valdemir Ramos da Silva e Carlos André Silva Marcineiro, acusados de assassinar a professora Cleide Ângela Silva Rodrigues, de 28 anos, foram condenados, cada um, a uma pena de 15 anos de reclusão. Os réus responderam ao processo presos na Delegacia Regional de Rosário. A sessão ocorreu no Tribunal do Júri de Barreirinhas.

O caso, que ocorreu no dia 25 de outubro de 2010, causou grande comoção na cidade devido à crueldade do crime. A vítima foi morta após sofrer um golpe de faca no tórax, que se seguiu de asfixia por esganadura. Depois da morte, os acusados ainda praticaram necrofilia com o cadáver e dilaceraram a genitália da vítima a golpes de faca.

O julgamento foi acompanhado por representantes de organizações da sociedade civil diretamente interessadas como Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), Centro de Direitos Humanos de Barreirinhas, Secretaria Municipal da Mulher e Sindicato dos Profissionais da Educação do Estado do Maranhão (Sinproessema).

Fonte: G1 Maranhão


Imprimir   Email