Traficantes são presos na capital e em Barreirinhas

Traficantes são presos na capital e em Barreirinhas

Fruto de mais um trabalho de combate ao tráfico de drogas, mais duas ações conseguiram retirar de circulação duas pessoas suspeitas de envolvimento com entorpecentes. Um dos presos possui duas residências, uma em São Luís e outra na cidade de Barreirinhas, onde de acordo com a Polícia, ele é responsável em abastecer varias ‘bocas-de-fumo’. A outra ação foi deflagrada pela Delegacia da Cidade Operária. As ações ocorreram na segunda-feira (4).

Na primeira, equipes da Delegacia da Cidade Operária (Decop), coordenada pelo delegado Dicival Gonçalves, prenderam na tarde de segunda-feira (4), Railson Coelho Vieira, 36 anos, conhecido por ‘Vitorino’.

A prisão ocorreu em uma oficina, nas proximidades da Forquilha. De acordo com informações repassadas pelo delegado Dicival, o traficante estava sendo investigado há cerca de trinta dias. “Contra ele havia várias denúncias de tráfico na região da Cidade Operária. Para efetuarmos a prisão os investigadores simularam a compra da droga com o traficante”, contou.

‘Vitorino’ recebeu voz de prisão ao chegar no local combinado. Com ele foi um veículo Siena branco, de placas NWV 6885, e 200g de cocaína pura, avaliada em R$ 7 mil. O entorpecente após diluído com outros componentes pode render até 2 kg. Railson chegou à oficina em companhia de outro homem, identificado apenas por Ronaldo, que se evadiu ao perceber a presença da Polícia. ‘Vitorino’ foi encaminhado a Decop, onde foi autuado em flagrante delito. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), onde permanece à disposição da Justiça. O veículo apreendido continua recolhido no pátio da Decop.

Barreirinhas

Investigadores lotados na delegacia de Barreirinhas com o apoio de militares da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar efetuaram a prisão de Carlos Augusto, 33 anos. Ele foi detido em uma residência no Bairro Cebola naquele município. O suspeito, segundo a polícia, possui residência fixa no Bairro Jordoa, em São Luís, porém alugou a casa onde foi autuado para traficar drogas.

Segundo informações do delegado que autuou o suspeito, desde o ano de 2009, Carlos vinha abastecendo e distribuindo diversos traficantes em Barreirinhas. “Em dezembro do ano passado ele chegou a ser preso, porém escapou. Sabíamos que Carlos vinha a cada 15 dias para abastecer a cidade de crack e cocaína”, contou o delegado.

A Polícia acredita que a droga encontrada na residência alugada seja apenas uma pequena parcela do que realmente seja trazido para a cidade a cada viagem.

Em poder do suspeito foi apreendido mais de 100g de crack; 30g de maconha, dinheiro trocado e balança de precisão. As investigações continuam para identificar os demais envolvidos no esquema, mas já se sabe que a quantidade de droga distribuída era maior da que foi aprendida e que outras pessoas o ajudavam no transporte e na comercialização. Ele permanecerá detido à disposição da Justiça.

Fonte:  INFORMAÇÕES DA SSP


Imprimir   Email